sábado, 28 de novembro de 2015

Regulamento 2015

3ª EDIÇÃO
CONCURSO INTERNACIONAL 
DE BD/ HQ AVENIDA MARGINAL 2015
(História aos Quadradinhos, Tebeos, Comics, Fumetti,...)

“O Outro”
Rodrigo Rosa
Primeiro Lugar

“Macclesfield – 1992”
Cassiano Fagundes e Guilherme Caldas
Menção Honrosa

“Sopa de Letras”
Catarina Bico
Menção Honrosa

“Eternidade”
Aline Lemos
Menção Honrosa

“Os Homens são Ilhas”
Mafalda Claro
Menção Honrosa

“O Menino e as Estrelas”
Amine Portugal
Menção Honrosa

“Fazer Quadrinhos vai Destruir Você. Vai partir seu Coração”
André Valente
Menção Honrosa


1. INTRODUÇÃO
Este Concurso Internacional de Banda Desenhada (BD) ou Histórias em Quadrinhos (HQ), agora na sua terceira edição, é uma iniciativa que fomenta a criatividade e o intercâmbio cultural. É dirigido a todos os cidadãos dos países de língua oficial portuguesa (CPLP) que queiram participar nesta trienal de ‘curtas’ da arte sequencial dos Comics.

Os concorrentes são desafiados a contar uma história, um momento, um pensamento, um conceito ou uma tradição, recorrendo a uma única prancha (uma página).

O tema desta edição é livre, de forma a estimular a criatividade no ato de contar uma história. Encoraja-se o recurso ao desenho e/ou outras técnicas de expressão artística analógica ou digital (ex.: fotografia, pintura, etc.). Não existem escalões etários. Todos os interessados em BD/ HQ podem participar. Os trabalhos selecionados farão parte de uma exposição coletiva que irá ser itinerante.

1. DESTINATÁRIOS
Todos os autores nascidos nos países que integram a CPLP. A Comunidade dos Países de Língua Portuguesa é constituída pelos seguintes países: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

2. PRÉMIO

NOVO PRÉMIO: 200 EUROS

A melhor prancha (página) será ainda premiada com propinas pagas durante um ano, num curso de Mestrado, Licenciatura ou CET, na área das Artes, na Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias de Lisboa, em Portugal. Fica ao critério do premiado a escolha do grau académico. O prémio não é transmissível e tem a validade de dois anos. O vencedor será convidado a participar no número dois do Fanzine Espaço Marginal, a ser publicado em 2016 (http://issuu.com/avenidamarginal). O vencedor receberá os dois números impressos do premiado fanzine Espaço Marginal e vários números do premiado fanzine Venham+5 (Bedeteca de Beja). O autor será também premiado com um conjunto de catálogos do Festival Internacional de Banda Desenhada de Amadora.

3. ENTREGA DO TRABALHO
a) Os trabalhos deverão ser remetidos para bd.avenidamarginal@sapo.pt
b) Os trabalhos deverão ser enviados até ao final do dia 25 de Abril de 2016.

4. SOBRE O TRABALHO
a) O tema é livre;
b) Cada trabalho deve ser constituído por uma única prancha (página) em formato A4 ou A3;
c) Cada concorrente pode entregar mais do que um trabalho;
d) Os concorrentes deverão indicar o nome, a idade, a nacionalidade, o seu contato e morada de residência no corpo do e-mail, anexando o trabalho à mensagem;
e) O autor deve incluir no e-mail, em anexo, a cópia de documento de identificação (Bilhete de Identidade, Cédula Pessoal ou Passaporte);
f) Nos projetos coletivos os concorrentes deverão enviar as informações e documentos de todas as pessoas envolvidas;
i) O júri aceita trabalhos inéditos e trabalhos que já tenham sido publicados.

5. IMPOSIÇÕES E ACONSELHAMENTOS TÉCNICOS
a) O ficheiro deverá ser enviado em formato JPEG (*.JPG; *.JPE) ou PDF;
b) Aconselha-se que o ficheiro tenha 300 DPI’s de resolução para impressão;
c) A prancha poderá ter o número de vinhetas que o autor desejar;
d) O trabalho poderá ser realizado a cores ou a preto e branco;
e) O trabalho deverá ter a dimensão de um A4 ou de um A3;
f) No caso de trabalhos produzidos analogicamente devem digitalizar os mesmos usando um scanner, tendo em atenção a resolução de 300 DPI's.

6. EXPOSIÇÃO COLETIVA/ PUBLICAÇÃO NO SITE
a) A organização responsabiliza-se pela divulgação da exposição;
b) A organização responsabiliza-se pela seleção e impressão dos trabalhos que farão parte da exposição coletiva;
c) Todos os trabalhos selecionados serão publicados no site oficial do concurso numa edição digital.

7. OBJETIVOS DO CONCURSO
a) Dinamizar a cultura da BD (HQ) no panorama internacional;
b) Promover a expressão artística;
c) Divulgar autores de BD (HQ) e o seu trabalho;
d) Promover o intercâmbio artístico-cultural entre os vários países da CPLP;
e) Fortalecer hábitos de leitura.

8. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
a) Criatividade; 
b) Expressão plástica; 
c) Qualidade gráfica; 
d) Originalidade; 
e) Narrativa.

9. JÚRI DO CONCURSO
A seleção será realizada por um júri constituído pelos seguintes elementos:
Bruno Rafael – Ilustrador e banda-desenhista profissional.
Marco Silva – Criador do Concurso Internacional de BD Avenida Marginal e coorganizador do Fanzine Espaço Marginal (http://issuu.com/avenidamarginal).
Paulo Monteiro  Banda-desenhista premiado. Diretor e responsável do Festival Internacional de BD de Beja e da Bedeteca (Gibiteca) de Beja.
Susa Monteiro – ilustradora e banda-desenhista profissional.

10. ORGANIZAÇÃO DO CONCURSO
A organização deste concurso promovido pela Bode Expiatório está a cargo dos seguintes elementos:
Ana Velhinho – Designer de Comunicação. Mestre em Design e Cultura Visual.
Bruno Rafael – Ilustrador e banda-desenhista profissional.
Flávia Carvalho – Corresponsável da Bode Expiatório. Mestre em Estudos Cinematográficos.
Lia Goulart – Corresponsável da Bode Expiatório. Designer de Comunicação e atriz.
Marco Silva – Designer de Comunicação. Criador do Concurso Avenida Marginal.
....................................................................................................
MAIS INFORMAÇÕES
bd.avenidamarginal@sapo.pt
www.facebook.com/avenidamarginal
....................................................................................................